sábado, 3 de novembro de 2012

Cheirinho bom... faça o seu!!

Oi gente...

Entrar em um lugar e sentir um aroma agradável é sempre gostoso e, de um jeito ou de outro, acaba mexendo com nosso humor. A fragrância pode nos levar a locais remotos da infância, a uma deliciosa sensação de acolhimento, garantir doses extras de energia, e assim por diante.

 Imagine, então fazer seus próprios aromatizantes, com as fragrâncias que  mais gosta e espalhá-los pela sala, quarto, escritório, de acordo com seu estado de espírito. Sim, isso é possível, e as vantagens ultrapassam, e muito, o simples deleite sensorial.


Além de criar as próprias fórmulas, você tem a oportunidade de manusear óleos, folhas, raízes, cascas de árvores ou de frutas, pétalas... Ou seja, dá ainda para brincar de alquimista, relaxar a mente, o corpo e estar com você mesma.

Fora a criatividade, é claro, o resultado final depende diretamente da escolha dos ingredientes. Quanto mais naturais forem os óleos essenciais usados como base nessas formulações, melhor. Diferentemente dos sintéticos, eles carregam em si toda energia, força e pureza da natureza. Os óleos essenciais atuam no sistema nervoso central e não provocam efeitos colaterais.

O quarto é o lugar onde você fica consigo mesma, se sente tranquila e se prepara para descansar depois de um longo dia. Por isso, o aconselhável é utilizar essências voláteis, como lavanda, que induz ao sono e relaxa.

Aromatizador de ambientes - imagem 2Faça você mesma:
Borrifador de 100 ml, de preferência embalagem âmbar
90 ml de água destilada (9colheres de água)
10 ml de álcool de cereais (1 colher de sopa - pode substituir por vodca, saquê, cachaça)
25 gotas de óleo essencial de lavanda.



outra opção:
15 gotas de óleo de lavanda e 10 gotas de óleo de laranja.
Se preferir, substitua a água destilada por uma versão à base de laranja:
Ferva a casca da fruta em 250 ml de água durante 20 minutos em fogo baixo, até reduzir bem o líquido. A seguir, adicione o álcool e o óleo essencial de lavanda.

No escritório, a palavra de ordem é concentração, por isso, substâncias muito relaxantes não são bem-vindas. É preciso mantes a mente ativa. Estimule-a com o perfume do alecrim, do tomilho, do cravo, da canela, das folhas de hortelã, de pimenta-do-reino preta ou do limão, por exemplo. Esses ingredientes têm o poder de limpeza e  frescor, além de produzirem aromas com maior poder de fixação.


377699 Aromatizador de ambientes como usar dicas Aromatizador de ambientes   como usar, dicas
Na sala, o ambiente onde você recebe visitas e fica com a família e os amigos, é preferível optar por aromas mais harmônicos, que agradem à maioria das pessoas. Boas opções são os óleos essenciais cítricos (limão, tangerina, bergamota, grapefruit) e os herbais (alecrim, hortelã, capim-cidreira, manjericão). Para prolongar e fixar mais os perfumes em locias maiores, usam-se cedro, sândalo ou patchuli, e uma quantidade bem pequena de cravo, canela ou noz-moscada. Evite aromas muito doces como os de flores (jasmim e ilangue-ilangue), ous os mais pesados como os das especiarias.


Se você quer:
RELAXAR: escolha óleos essenciais a base de flores. A clássica lavanda, associada à camomila, e a macela-do-campo são as mais indicadas.
GANHAR MAIS ENERGIA: aposte nos cítricos limão ou bergamota.
FICAR MAIS ESPERTA: recorrer às fotinhas de óleos herbias, de especiarias ou de frutas, pitanga, melão e maçã são campeãs nesse quesito.

Nos dias quentes recorra a óleos essenciais mais refrescantes, como o de alecrim, eucalipto, limão ou capim-cidreira. Esdfriou? Use aromas amadeirados e especiarias.
Fonte: Revista Bons Flúidos. Imagens: google.

e aí, já escolheu o seu??
bjks. J.

Nenhum comentário:

Postar um comentário